Chiquinho (PSDB)

 

 

O vereador Francisco Sousa (PSDB) usou a tribuna da Casa de Leis para destacar duas reuniões de trabalho importantes. A primeira delas será realizada nesta quinta-feira (14/03), no Distrito de Boim. Na ocasião, uma comissão de vereadores estará na comunidade para discutir questões relacionadas à segurança pública naquela região. Além do tucano, deverão participar do encontro em Boim, o presidente da Casa Emir Aguiar (PODEMOS), Júnior Tapajós (PR) e Dayan Serique (PPS).

Também devem participar do encontro a Polícia Militar, o Policiamento Ambiental, a Polícia Civil, o ICMBio (responsável pela área da reserva extrativista Tapajós Arapiuns), a Associação Tapajoara (instituição que cuida da Associação Tapajós/Arapiuns) e o Centro de Governo, por meio da Coordenadoria de Segurança. Segundo Chiquinho, as comunidades do Distrito de Boim já se prepararam para receber esta comitiva que vai tratar da segurança pública.

A segunda reunião que Francisco Sousa destacou foi realizada na manhã desta quarta-feira (13/03), na Câmara de Vereadores. Um encontro da Comissão de Meio Ambiente, desta Casa Legislativa e de instituições ligadas ao Meio Ambiente de Santarém, Mojuí dos Campos e Belterra, para elaborar uma sugestão de pauta a ser entregue ao governador do Estado por meio da Secretaria de Meio Ambiente para o destravamento do Cadastro Ambiental Rural. De acordo com o parlamentar, este seguimento da economia precisa ser desburocratizado.

“Quem conhece sabe, o segmento produtivo e as secretarias de Meio Ambiente vêm enfrentando dificuldades para fazer o Cadastro Ambiental Rural. Muitos produtores não conseguem avançar porque encontram dificuldades em fazer este cadastro e as instituições ambientais, muitas vezes, precisam recorrer à Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que tem dificuldade de atender à demanda da região do Baixo e Médio Amazonas”, argumentou o vereador.