Sessão ordinária de 08 de Agosto de 2018.

Ney Santana (PSDB)

O peessedebista anunciou que a sigla tem dois nomes pré-dispostos para disputar vagas à Assembleia Legislativa do Estado e à Câmara Federal dos Deputados: o do ex-prefeito Alexandre Von para deputado estadual e o dele para federal. Ney se mostrou esperançoso: “o povo, com certeza, vai escolher o que for melhor para a nossa região”.

Em seguida, o parlamentar tratou do tema saúde. Parabenizou o presidente da Comissão de Saúde e vice-líder do Governo, Tadeu Cunha (DEM), por, nas palavras dele, “não está defendendo o indefensável”, afirmando que o atendimento em saúde do município está precário.

Santana incluiu que assistiu a um telejornal local que teria mostrado a falta de remédios em postos. Ele também citou que uma amiga teria encontrado um caramujo em uma sopa servida no Hospital Municipal. De acordo com ele, a mulher não tirou foto por medo de represálias. A paciente havia informado também que não há medicamento, e o marido dela estaria comprando fora da unidade.

A respeito da Organização Social que administra o HMS e a UPA 24h, o tucano frisou que a Casa permitiu a contratação de uma empresa, “mas não essa”, acrescentando que o Instituto Panamericano trabalhava com esporte, e não com saúde. Ele indicou que o contrato precisa ser revisto pelo plenário, e prometeu apresentar documentos para dar base a seu discurso, na próxima segunda-feira (13/08). “Saúde é vida, e não podemos brincar com a vida dos santarenos”, exclamou o parlamentar ao sugerir que a OS IPG seja chamada para prestar esclarecimentos ao Poder Legislativo.