Sessão ordinária de 18 de Setembro de 2018.

Rogélio Cebuliski (PSB)

O parlamentar voltou a tratar do projeto de urbanização do “Frentão da Nova República”. Desta vez, Gaúcho informou que a empresa responsável pela obra chegou ao local por volta de 11h30, nesta terça-feira (18/09), para iniciar os trabalhos na área, em frente ao bairro São Francisco.

Representantes da empreiteira estavam com o projeto em mãos e com as máquinas. Até aí tudo bem, mas o que teria deixado o parlamentar triste seria a divergência, presenciada por ele, entre um representante da Secretaria Municipal de Infraestrutura e um engenheiro responsável da empresa. De acordo com o vereador, o servidor da SEMINFRA dizia que não havia autorização para a retirada de árvores do local, o que teria sido contestado pelo técnico da construtora que afirmou que os arbustos teriam de ser removidos.

E para a surpresa do peessebista, disse ele, quando vinha para a Câmara, por volta das 14h, viu que as árvores tinham sido arrancadas, o que o teria indignado e o fez entrar em contato com o secretário Daniel Simões, o qual o informou ter autorização para a retirada das árvores.

Gaúcho finalizou, então, com a ressalva de que o problema não era ter ou não autorização, e lançou a pergunta: “tinha necessidade de retirar as árvores?”.