Sessão ordinária de 13 de Junho de 2018.

 Jandeilson Pereira (PSDB)

O tucano foi à tribuna nos tempos de liderança e bancada. No primeiro momento Jandeilson repercutiu uma denúncia de uma possível negligência em atendimento no Hospital Municipal, que teria resultado na morte de Maria Martins de Sousa.

Prosseguindo, o vereador relatou que quando chegou à unidade os pares André do Raio-X (PSDC) e Chiquinho (PSDB) já estavam no local. Os três teriam sido atendidos pela administração do hospital e pelas enfermeiras Josiane, Alba e Patrícia. De acordo com o peessedebista, informações deram conta de que Patrícia teria atendido a paciente de forma hostil.

Mas o parlamentar foi mais enfático, durante essa primeira parte do discurso dele, ao fato de a pessoa denunciante ter se limitado a fazê-lo pela rede social “Facebook”. Ele salientou que teria tentado contato direto com o internauta, sem sucesso.

O vereador, então, mostrou-se indignado com a atitude, enfatizando que os parlamentares estão abertos a receber qualquer denúncia, mas seria preciso responsabilidade dessas pessoas que se dispõem a denunciar um serviço público, pois, para ele, é melhor que o façam pessoalmente e mostrem provas.

Jandeilson frisou que não seria possível concluir nada a respeito do fato porque foi ouvido somente o lado do HMS. Uma das situações explicadas pela gerência da Organização Social Instituto Panamericano de Gestão seria a de que alguns itens utilizados no atendimento no setor de reanimação da unidade são de responsabilidade da OS e outros do paciente.

Já no tempo de bancada, o parlamentar trouxe o tema infraestrutura, especificamente sobre a situação do bairro Nova Vitória, onde algumas vias estariam intrafegáveis. Ele ressaltou que o secretário Daniel Simões, durante conversa com os vereadores, em reunião na última segunda-feira (11/06), teria apresentado um planejamento que incluiria aquele bairro, mas “sem data definida”, realçou Jandeilson.

Do mesmo partido do governador do Estado, Simão Jatene, o tucano encaminhou a fala, então, para uma comparação entre o grupo político do município que conduziu Nélio Aguiar à Prefeitura de Santarém e o do correligionário que está no terceiro mandato no Palácio Lauro Sodré, sede do governo paraense.

Para Jandeilson, Jatene seria o “melhor governador do Pará”, segundo ele, por olhar para o povo. O vereador falou que, ao contrário, Nélio teria prometido melhorias durante a campanha de 2016, mas não as cumpriu até o momento.

Ainda de acordo com o peessedebista, as obras do governo Jatene ‘podem até ter demorado, mas chegaram’. Ele citou a implantação de energia elétrica em comunidades ribeirinhas de Santarém, em Tapará, Aritapera e Urucurituba, serviço que deve iniciar no fim do mês de julho/2018, no valor de R$ 17 milhões.