Horário de abertura das lojas do Centro, previsto em decreto, é alvo de questionamento na tribuna da Casa  

0

Didi Feleol (PP)

O vereador Didi Feleol (PP) usou o tempo das lideranças, nesta terça-feira (26), para pedir que o Comitê de Crise reavalie o horário reduzido do comércio em Santarém. Uma das medidas restritivas de combate à pandemia da Covid-19 prevê que as lojas não consideradas essenciais funcionem apenas das 9h às 15h, horário questionado pelo parlamentar.

Na opinião de Feleol, quando o tempo de funcionamento das lojas é reduzido, a possibilidade de aglomeração aumenta porque os consumidores vão às compras ao mesmo tempo.

Ainda em relação ao combate à doença, Didi Feleol disse que já iniciou articulação com a Secretaria Municipal de Saúde e vai procurar também universidades para parceria entre as instituições na orientação à população ribeirinha. “É preciso uma ação de verificação de temperatura e pressão de quem chega de barco do interior, e mostrar para o ribeirinho a importância das medidas para evitar a Covid 19, já que muitos pensam estar protegidos porque moram longe da cidade”, salientou.

Feleol também parabenizou a Semsa pelas ações programadas para as comunidades Estrada Nova (região da Curuá-Una), Uruari, Atumã e Piraquara (região do Lago Grande), nos dias 30 e 31 de janeiro. Equipes vão levar atendimentos de saúde, inclusive com teste rápido e investigação de casos suspeitos da Covid-19.

 

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade