JK faz reivindicação em nome dos vendedores ambulantes do Terminal Hidroviário de Santarém

0

Nesta quarta-feira (04), o vereador JK do Povão (PSDB) apelou ao governo municipal para atender a demanda de vendedores ambulantes que são impedidos de desenvolver o comércio dentro do Terminal Hidroviário Joaquim da Costa Pereira. O parlamentar pediu ajuda ao prefeito para resolver o problema dos pais de família, que não têm mais como trabalhar.

Na terça-feira (03), uma reunião foi realizada, sem solução efetiva, no Plenarinho da Câmara Municipal de Santarém, com a participação de vereadores, secretarias municipais e vendedores ambulantes. “O que a gente vê é a falta de planejamento da gestão municipal. Todos sabiam que o porto seria inaugurado, mas questões importantes da administração não foram definidas”, enfatizou.

Durante a sessão, JK apresentou o decreto que fixa preços de serviços públicos portuários e disse ter considerado os valores exorbitantes, gerando reclamações por empreendedores que dependem da área portuária.

O vereador conclamou o prefeito Nélio Aguiar a ser solidário às necessidades de trabalho dos vendedores ambulantes que atuam no porto.

Educação – Em outro tema, JK pediu atendimento às crianças portadoras de necessidades especiais que estudam na Rede Municipal de Ensino. Segundo ele, o principal pedido das mães é para a disponibilidade do monitor ou auxiliar. Este colaborador da Secretaria Municipal de Educação é disponibilizado para atender alguns estudantes que precisam de acompanhamento especial.

Segundo as mães, que procuraram JK, o profissional que faz este atendimento ainda não está disponível nas escolas municipais. Por isso, ele se comprometeu em levar o pedido à titular da pasta, professora Maria José Maia.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade