Reforma do HMS diminuiu número de leitos, aponta JK

0

JK do Povão (PSDB)

O vereador JK do Povão (PSDB) usou a tribuna, durante o tempo de liderança, na sessão deliberativa da Câmara Municipal de Santarém, nesta quarta-feira (22), para reclamar sobre o resultado da reforma do Hospital Municipal de Santarém. Ele disse que o que mais temia que acontecesse aconteceu: a diminuição da capacidade de atendimento.

JK contextualizou a demanda com reivindicações que havia feito à Secretaria Municipal de Saúde e à Organização Social Mais Saúde, que administra o HMS, e que não teriam sido atendidas. Com isso, segundo o parlamentar, a reforma diminuiu o número de leitos. “Tinha de 30 a 40 leitos, e nessa reforma só tem 13 leitos”, aponta.

O tucano destacou que o equipamento é porta aberta, e essa diminuição causaria tumulto e atendimento precário. JK do Povão relatou que visitou a unidade na manhã de terça-feira (21) e nesta quarta. De acordo com o vereador, há pacientes sentados há mais de 24 horas, dentre estes idosos, além de 12 pacientes aguardando para fazer ressonância. “Tem paciente que nem fez, está há dois dias aguardando”.

Por Jefferson Santos – jornalista da Ascom/Câmara

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade