Apesar do coronavírus, há outras doenças que precisam de atenção, alerta Tadeu Cunha

0

Tadeu Cunha (DEM)

O democrata falou, na sessão desta quarta-feira (08/07), sobre a reunião que participou com o presidente da Comissão de Saúde Alaércio Cardoso (MDB), junto ao diretor do Hospital Regional do Baixo Amazonas Herbert Moreschi, nas dependências daquela unidade, na tarde da terça-feira (07/07).

A pauta principal do encontro era a inquietação acerca da dificuldade de pacientes terem acesso aos leitos das unidades de terapia intensiva do HRBA. Tadeu observou que, na segunda-feira (06/07), tratou do tema, também na tribuna, destacando que o Regional atende a Santarém e a toda a região. “Nos preocupou [sic]bastante a demora dessa fila andar. Muitas pessoas procuram a Casa para obter informações; sobre ter um parente internado no Hospital de Campanha ou no HRBA”, salienta.

O vereador observou que provocara essa reunião, que de pronto foi agendada por Alaércio Cardoso, a quem elogiou e agradeceu pelas ações à frente da comissão, lugar antes ocupado por ele. Elogios e agradecimentos estendidos também ao diretor Herbert Moreschi pela receptividade e presteza nos esclarecimentos.

Quanto ao que foi apurado, Tadeu informou que o HRBA possui 79 leitos de UTI, dos quais 52 estariam destinados ao tratamento de pacientes acometidos da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo o parlamentar, desde março/2020, “quando começou esse movimento de pandemia, que existe colapso no HRBA”. Ainda de acordo com ele, a fila de espera para UTI do hospital já teria chegado a 30 pessoas, mas, na terça-feira, estaria em 06 pacientes.

O democrata emendou, apontando que “só existem duas formas de deixar UTI. Ou é recuperado e, infelizmente, é demorado, e para as pessoas que têm comorbidades é muito pior o tempo. A outra é por meio do óbito”.

Cunha atestou, então, que a gestão dos leitos no HRBA estaria sendo feita de forma transparente. “Mas, infelizmente, temos perdido muitas pessoas na fila”, completou o parlamentar, que citou também a preocupação com os outros atendimentos como as cirurgias eletivas, oncologia e cardiologia. “A gente não adoece só de Covid-19 e o hospital é referência em oncologia”, esclarece.

O vereador do DEM finalizou pedindo a todos que busquem se prevenir ao contágio pelo novo coronavírus. “A vacina que temos hoje é o uso correto das máscaras, higiene das mãos e o distanciamento social”.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade