Câmara homenageia IHGTap, que dá posse a sua nova diretoria

0

Nesta terça-feira (05), o Poder Legislativo de Santarém rendeu homenagens ao Instituto Histórico e Geográfico
do Tapajós (IHGTap), por meio de uma audiência pública, requerida pelo vereador JK do Povão (PSDB), que foi
representado pelo vereador Dr. Carlos Martins (PT). A programação marcou a primeira década do instituto que
trabalha na conservação e divulgação das riquezas históricas e culturais da região.

“Desde 1870 já havia um instituto semelhante que foi extinto. Então pela nossa importância, por essa civilização
que vive aqui há muitos anos, o tapajônico, depois os colonizadores vieram. Santarém tem muito a ser estudado, tem muita coisa importante que precisa ser estudado, tem muita coisa importante que precisa ser registrada e ser objeto de pesquisa junto com as universidades, junto com a sociedade”, exaltou o petista, remontando aos 10 anos do instituto, completados no dia 23 de março deste ano.

O presidente Ronan Liberal Jr. (MDB) fez a abertura e enfatizou a importância da entidade para a conservação
da memória da região. “É um reconhecimento importante pelo serviço que eles prestam à memória e à história
de Santarém e da região do Tapajós. Estamos felizes em estar promovendo esse debate e homenageando o
IHGTap pela passagem desses 10 anos de fundação”, destaca.

O momento foi para homenagear o instituto, mas também para esclarecer algumas demandas com as quais há o envolvimento da entidade. A mais recente e em voga é a respeito da Praça Rodrigues dos Santos, onde a Prefeitura de Santarém pretende construir um camelódromo para acomodar os comerciantes informais que atuam na Praça da Matriz. O instituto não aceitou a investida do Executivo Municipal e recorreu ao Ministério Público, que pediu a paralisação dos serviços. Iza Tapuia considera que demandas como essa fazem parte do trabalho desenvolvido pela entidade. “Nós estamos na vanguarda da memória, desse projeto de fazer com que as pessoas conheçam a região a partir da nossa história; da pré-história; da Arqueologia; da Antropologia e de tudo que tenha a ver com a formação da sociedade santarena; da sociedade da região. É dessa história dessa população que construiu essa sociedade que o IHGTap tem sido guardião”, ressaltou Iza, que é indígena antropóloga. As palavras dela dizem respeito, sobretudo, ao indício de que o espaço onde está a praça possa ser um sítio arqueológico.

“Isso está correto, verificar se a obra está realmente em condições de legalidade, pois aquele espaço é muito
importante para a nossa história; foi ali onde o Padre Felipe Bettendorf chegou, que foi iniciado o município, a
cidade de Santarém. Foi uma ação correta, no sentido de melhorar a obra, fazer com que ela represente a
importância que tem”, declarou Carlos Martins.

Ao final da audiência pública, foi encaminhada a ampliação do debate sobre o tema, através da Comissão
Permanente de Patrimônio, presidida pelo vereador Júnior Tapajós (PL), e o IHGTap para avançar nas discussões e definição de ações a serem desenvolvidas pela conservação e expansão do conhecimento sobre a história da região.

Posse – Momentos antes da audiência pública, no plenário Vereador Benedito Magalhães, o IHGTap realizou a
posse da nova diretoria para o triênio 2022-2023-2024, tendo como presidente o advogado José Ronaldo Dias
Campos. “Nós temos uma equipe excelente formada por advogados, historiadores, geógrafos, jornalistas, todos
de ponta, para trabalhar a história não só de Santarém, mas de todo o Oeste do Pará”, enalteceu o presidente,
acompanhado dos demais componentes da nova diretoria: Giovanna Litz Valle, vice-diretora; Diego Marinho de
Gois, 1º secretário; Padre Sidney Augusto Canto, 2º secretário; Iza Tapuia, 1ª tesoureira e Padre Ivair Costa, 2º
secretário.

Os novos conselheiros fiscais são: Antônia Terezinha dos Santos Amorim, Oti Santos e Márcio Júnior Benassuly
Barros (titulares); Dom Vilmar Santim, Eduardo Henrique Chaves Dias e Sidney Rocha (suplentes).

Por Jefferson Santos – jornalista da Ascom da Câmara Municipal de Santarém

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade