Carlos Martins fala sobre a vacinação e o aumento de casos de Covid em Santarém

0

Na sessão de quarta-feira (03), o líder do PT na Câmara, vereador Carlos Martins, abordou sobre a vacinação e os casos de Covid no município.

“Durante esses dias foi feito um mutirão de vacinação em Santarém, e essa é uma iniciativa que eu considero muito importante. Olhando a vacinação em Santarém verifiquei que desde 19 de janeiro de 2021 foram aplicadas cerca de 337 mil doses, sendo 216.114 na primeira dose e 116.329 na segunda dose.  Essas 116.329 doses em relação à população total representam cerca de 40% de vacinação completa. E isso ainda é muito preocupante porque não atingimos um limite de segurança em relação a vacinação total. Porém o que estamos vendo são medidas tomadas como se a pandemia estivesse acabando”, explicou Carlos Martins.

O parlamentar ainda complementou, “Hoje vimos o fechamento do Hospital de Campanha, existem apenas 10 leitos de UTI no HRBA e todos estão ocupados, com uma fila de espera de 6 pacientes. Temos 62% dos leitos clínicos ocupados, sendo 20 pacientes, dos quais 15 estão positivados e 5 são considerados suspeitos. E em isolamento temos quase 700 pacientes.

Se olharmos o índice de vacinação completa do país, o Estado do Pará tem 38,93% de vacinados e com essa taxa só ganhamos de Roraima com 27,32% e do Amapá com 30,26%”, detalhou.

“Estamos numa situação ainda preocupante e precisamos ter mais cuidado com o distanciamento social e o uso de máscara. Também gostaria de entender por que a vacinação ainda está tão lenta no Estado! No início do processo o Pará era um dos 5 Estados que mais vacinavam no país e hoje estamos quase no final da fila.
As escolas voltaram a funcionar, o lazer voltou, as festas de fim de ano estão chegando e não queremos que aconteça novamente como no ano passado. Precisamos de indicadores melhores para nos dar mais segurança, porque ainda não estamos numa situação tranquila”, finalizou Carlos Martins.

Por Keliane Tomé – Assessora de Imprensa do vereador Dr. Carlos Martins

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade