Em preparação à 19ª legislatura, vereadores eleitos e reeleitos são recepcionados por servidores e parlamentares egressos

0

Novatos puderam tirar dúvidas sobre a posse e questões regimentais que fazem parte da rotina do Poder Legislativo.

 Na manhã desta terça-feira (22/12), no plenário Vereador Benedito Magalhães, os vereadores e vereadoras que comporão a 19ª legislatura foram recepcionados pelos servidores da Casa, pelo presidente Emir Aguiar (DEM) e por outros parlamentares que fazem parte da atual legislatura, incluindo os reeleitos, à exceção de Jandeilson Pereira (DEM), Alysson Pontes (PSD) e Silvio Neto (DEM). Jandeilson está em isolamento, tratando-se da Covid-19.

O momento serviu para que os novos vereadores tirassem dúvidas e fossem esclarecidos acerca de diversas questões que dizem respeito ao trabalho que passarão a desenvolver a partir de 01 de janeiro de 2021, quando serão empossados.

Para o presidente Emir Aguiar, as orientações foram essenciais, principalmente, aos novos vereadores, “para que assumam a missão com propriedade”; estejam prontos para tomar posse de seus mandatos e elejam a Mesa Diretora. “Acho importante a gente oportunizá-los para que conheçam o Regimento Interno [da Câmara]e a Lei Orgânica [do Município], para poder desempenharem essa função com conhecimento no decorrer dos quatro anos de mandato”, destaca.

A diretora administrativa Bianca Gomes enfatizou que a reunião foi organizada “com muito cuidado e carinho para recebê-los e para que eles começassem a se familiarizar, em que procuramos repassar algumas informações acerca do funcionamento da Casa”. Bianca acrescentou que foi entregue um kit a cada um dos vereadores, contendo o livro de memórias dos 190 anos da Câmara, uma carteira porta-cédulas com escudo oficial do Poder Legislativo e um pendrive com a Lei Orgânica, Plano Diretor, Regimento Interno e códigos municipais armazenados.A Assessoria de Comunicação da Casa entrevistou os parlamentares do novo ciclo do Poder Legislativo de Santarém que iniciará em 2021. Foi feita esta pergunta a todos: “o seu mandato será pautado em?”. Seguem as respostas de cada vereador, em ordem alfabética.

 

Adriana Almeida (PV) – “Principalmente na vontade da população, desde que esteja dentro do possível, dentro do que é a lei, a gente quer trabalhar com as pessoas que realmente precisam e, principalmente, na área da saúde, trabalhando tanto a cura como a prevenção, que é de grande importância, implementar a prevenção dentro de Santarém para que a gente evite que mais pessoas fiquem doentes e que o sistema não comporte.”

Aguinaldo Promissória (PSL) – “Desenvolvimento. O que a gente puder ajudar na parte de legalização de imóveis, o que a gente puder ajudar também na parte da saúde, com bastante fiscalização e com bastante atenção para poder passar para os nossos eleitores, para o povo, que escolheu a gente para o primeiro mandato de vereador. Trazer transparência, desenvolvimento e também tentar ajudar na parte da saúde, que está precisando por conta da pandemia; então a gente tem que ter bastante atenção nessa área.”

Alexandre Maduro (MDB) – “Trabalhar pelo povo.”

 

 

 

Alysson Pontes (PSD) – “Em aprovar leis, requerimentos e moções que venham atender os interesses da sociedade santarena. Estaremos em sintonia com as ações governamentais que ao fim melhorem a qualidade de vida de todos.”

 

Biga Kalahari (PT) – “Meu foco é mais na questão da cultura, dos jovens e na periferia, que é onde eu vivo, onde tenho mais conhecimento, mas não que eu não vá olhar para outros pontos. Mas o meu foco é periferia e nos jovens que estão em total abandono, que não têm expectativa de vida.”

 

Carlos Silva (PSC) – “Na infraestrutura. Durante toda a minha carreira jornalística, sempre estive nos bairros periféricos de Santarém, exatamente fazendo o trabalho de um vereador: cobrando, fiscalizando, indo até a população de Santarém para saber das demandas. Por isso, durante toda a minha campanha, eu falei exatamente que seria representante do povo nessa área, e assim será, estarei na Câmara Municipal trabalhando em favor do povo, num mandato participativo, ouvindo a população, e será dessa forma, lutando para que a infraestrutura possa chegar até as comunidades e os bairros mais distantes de Santarém.”

Didi Feleol (PP) – “Dá continuidade em nossos projetos que estão em andamento relacionados à agricultura, emancipação da região do Lago Grande, banco para a região do Lago Grande e também outros projetos que a gente sabe que estão precisando para a nossa região, assim como Infraestrutura, Saúde e Educação.”

Dr. Carlos Martins (PT) – “Como profissional de saúde, penso que precisamos pautar o mandato inicialmente na oferta de saúde em Santarém e na qualidade do atendimento. Precisamos melhorar a atenção básica de saúde, melhorar os programas de agente comunitário de saúde, saúde da família, as Upas, os centros de saúde, que deveriam funcionar 24h, o Pronto Socorro Municipal, a melhoria na questão das especialidades médicas, os exames complementares que as pessoas esperam durante meses por exames que são muito importantes, a relação com o Hospital Regional, isso tudo é muito importante na área da Saúde. Mas também entendo que preciso pautar nosso mandato no desenvolvimento de nosso município, na questão da geração de emprego, na melhoria da infraestrutura de nosso município, dá oportunidade para os mais jovens para poderem também estudar e trabalhar com dignidade. Entendo que Santarém é um município muito grande, é uma região metropolitana, é um município de referência, e a geração de empregos vai ser uma das prioridades de nosso mandato.”

 Elielton Lira – “Na ética, na prudência, na família, nos valores. Em Deus em primeiro lugar, e com certeza tendo um olhar e amor ao próximo, acho que tudo isso somado vamos poder ter um bom mandato de vereador.”

 

Enfermeiro Murilo Tolentino (PSC) – “Em transparência com a população, e exercerei com muito rigor a questão de fiscalizar imparcialmente e legislar em prol da população.”

 

 

Enfermeira Alba Leal (MDB) – “Em muito trabalho, determinação, transparência e, principalmente, interação com a população; visita nas comunidades periodicamente, que é isso que a população precisa e merece.”

 

 

Erasmo Maia (DEM) – “Na ética, no trabalho, na busca incessante de diálogo com a comunidade; um verdadeiro mandato coletivo. Buscando sempre dialogar com a comunidade, com os bairros da nossa cidade, com as lideranças políticas e comunitárias, sempre contribuindo no sentido de que essa Casa, apesar de ser uma casa política, a gente pode sim contribuir com o desenvolvimento de nosso município com ideias e propostas, aprovando a LDO, o Plano Plurianual, que é o primeiro projeto importante que vai indicar quais são os investimentos que o município de Santarém terá. Nós vamos poder contribuir com nossa experiência de quatro mandatos, cinco com mais um agora. Com a experiência que adquirimos na academia. Desta feita, chegando ao plenário com uma graduação em Direito, uma pós-graduação em Direito Público; que isso vem, com certeza, fortalecer e potencializar não só o meu mandato, mas contribuir com os debates aqui na Casa.”

Erlon Rocha (MDB) – “Vamos trabalhar na área da saúde, educação e esporte e lazer. Fizemos muitas visitas tanto nos bairros como nos bairros, comunidades, interior, região de rios, a gente vai trabalhar em cima dessas três áreas para ver no que a gente pode avançar.”

 

Gerlande Castro (PSB) – “Responsabilidade, serenidade, coletividade e o povo acima de tudo, eu trabalhando pelo povo com muita força de vontade.”

 

 

Jandeilson Pereira (DEM) – “Em ser um vereador presente como sempre fui: olhar as necessidades do povo e trazer para o Executivo.”

 

 

JK do Povo  – “Será voltado para o povo. Fui eleito para representar o povo, então meu mandato é voltado para o povo, para trabalhar em prol do povo.”

 

 

Júnior Tapajós (PL) – “Continuará sendo focado para a região de rios, planalto e zona urbana, pautado em desenvolvimento e sustentabilidade para essas regiões.”

 

 

Professor Josafá (PL) – “Nós temos várias linhas. Tenho na área da educação, que a gente vai focar muito por algumas pendências que nós não avançamos como presidente e representante da categoria dos profissionais da Rede Pública Municipal. Outro ponto importante vai ser a classe trabalhadora, principalmente dos sindicatos aliados a nossa candidatura, por hoje a gente ver algumas dificuldades relacionadas a esse movimento da classe trabalhadora. E também a área do esporte, por a gente já trabalhar há mais de trinta anos no setor do desporto, principalmente, pelos projetos de escolinhas de futebol; não só para eles, mas para toda a população santarena.”

 

Pr. Ângelo Tapajós (Republicanos)

“Em justiça, igualdade, vamos lutar pelos mais necessitados, lutar também pela moral, pelos bons costumes.”

 

Ronan Liberal Jr. (MDB) – “Responsabilidade com a cidade e com as comunidades rurais do município de Santarém. Responsabilidade de estar presente, atendendo as demandas com atenção, cobrando, participando junto com a população para que a gestão possa de fato ter a eficiência e fazer se sentir o governo, seja lá na região do Tapajós, Arapiuns, Planalto, Aritapera, região de várzea, enfim, para que o governo possa estar presente. Quando se fala governo, tanto Executivo quanto Legislativo, porque fazemos essa composição plural e lutamos para que o Poder Público possa se consolidar como referência para os munícipes mas também levando as políticas para atender as necessidades da nossa população, com isso gerar desenvolvimento e progresso para o município de Santarém.”

Silvio Neto (DEM) – “Pela defesa dos interesses do povo santareno. A cidade pode esperar muito trabalho, respeito, responsabilidade e dedicação. E continuarei focando em projetos para a Saúde, Educação, Segurança Pública e Infraestrutura. Estamos juntos nessa nova legislatura, prontos para trabalharmos juntos com a Prefeitura e para fazermos o melhor para a nossa população.”

 

Por Jefferson Santos – Jornalista da ASCOM/CÂMARA

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade