No “Dia Mundial da Saúde”, Carlos Martins participa de live com o deputado federal e ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha

0

Na noite de quarta-feira (07), o médico e vereador Carlos Martins (PT), realizou uma live com a presença do deputado federal, ex-ministro da Saúde e médico infectologista, Alexandre Padilha.

Os dois destacaram seus posicionamentos sobre a atual situação da Saúde no Brasil. A live tinha como tema “Construindo um Mundo Mais Justo e Saudável”, e conseguiu esclarecer pontos importantes da saúde em nível nacional e local.

Alexandre Padilha iniciou lamentando a situação atual do país em relação à Covid-19, e lembrou que hoje o Brasil é visto como a pior resposta no combate à pandemia.

“De janeiro pra cá, quando começaram a surgir as variantes, o Brasil também é visto como uma grande ameaça para o mundo. Porque afinal todos estão preocupados com essa nova rede de transmissão das variantes que pode afetar outros países. É um momento muito difícil pro nosso país”, destacou Padilha.

Ele ainda complementou que “estamos há um ano de pandemia e o Governo Federal parece que não aprendeu nada durante esse tempo. Nós estamos numa situação em que pela primeira vez todas as regiões do país se encontram em colapso. No ano passado, esse colapso ainda teve um intervalo de uma região para outra, mas agora não, infelizmente. Todos os estados estão em situações gravíssimas. Hoje, milhares de brasileiros estão esperando leitos de UTI, além disso, estamos com o plano de vacinação a passos de tartaruga. Na época que eu era ministro, em 2009/2010, conseguimos em três meses vacinar mais de 80 milhões de pessoas, e hoje estamos vivendo essa situação de calamidade para vacinar nossa população”, aponta.

Carlos Martins destacou sobre o aumento dos casos de Covid em Santarém a partir de novembro de 2020. “Em novembro do ano passado os casos de Covid começaram a aumentar, naquele período o Hospital de Campanha de 120 leitos havia sido desativado de forma precipitada. No final do ano aqui no nosso município era como se não tivessem mais riscos, a circulação das pessoas foi liberada normalmente. E daí quando começou o ano de 2021 estávamos sem Hospital de Campanha, o Hospital Regional com apenas 20 leitos de UTI e a UPA superlotada, e junto a isso os casos da variante do Amazonas começaram a surgir. Com isso, o município precisou se preparar novamente de forma apressada para enfrentar aquela situação. Hoje em Santarém, existem 64 leitos de UTI no HRBA com 90% de ocupação e a UPA completamente lotada. Estamos com 848 óbitos, uma situação grave sendo repercutida em todo o país. Nossos trabalhadores estão sobrecarregados, cansados e a vacinação também está a passos lentos no município”, expressou Carlos.

Carlos Martins e Alexandre Padilha, ainda debateram sobre o projeto de lei da Câmara Federal que prevê autorização para empresas comprarem vacinas contra a Covid-19. Esse projeto retira a prioridade das pessoas na fila de vacinação, privilegiando quem tem melhores condições econômicas. Discutiram também a criação do comitê nacional de combate a pandemia criado pelo Governo Federal e deram suas opiniões sobre o que precisa ser feito para tentar mudar os rumos da situação da Covid no país.

A live completa pode ser conferida no link:

https://www.facebook.com/100049382662187/videos/285026759820077/.

Por Keliane Tomé – Assessora de Imprensa do vereador Dr. Carlos Martins

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade