Pronunciamento do Vereador Paulo Gasolina na sessão ordinária desta quarta-feira (01/07)

0

Na sessão desta quarta-feira (01/07), o vereador Paulo Gasolina (líder do partido PSDB), fez uso da palavra para informar a nota de esclarecimento emitida pela Executiva Municipal do Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB. A nota esclarece que a bancada representativa na Câmara municipal de Santarém pelos vereadores Paulo Gasolina e Ney Santana, deliberaram voto contrário ao Projeto de Lei de iniciativa do Poder Executivo Municipal que aumenta a quantidade de cargos de DAS e os valores gastos mensalmente com essa categoria em sua folha de pagamento, bem como voto contrário ao Projeto de Resolução de iniciativa do Poder Legislativo Municipal que aumenta o número de vagas para o cargo de vereador(a) em Santarém.

O partido entende que, no momento em que Santarém enfrenta uma Pandemia, deveria se priorizar o atendimento de políticas sociais nas áreas da saúde, educação assistência social, geração de renda dentre outros, ao invés do aumento de cargos e outros gastos. Em sequência o vereador, se posicionou dizendo que respeita a opinião de todos os parlamentares na Câmara, mas que espera que respeitem o seu posicionamento. Informou que discorda em relação ao aumento do número de vereadores(as) assim como o partido PSDB, também discorda. Disse ainda que todo mundo é igual perante a Lei e possuem a capacidade independente de partido de ganhar uma eleição. Informou ainda que é contra porque o limite está no mínimo e não tem porque está aumentando, basta cada vereador fazer o seu papel na sua área, pois Santarém não é tão grande para o número de vereadores que tem.

Ressaltou ainda que ele e o partido PSDB é contrário ao aumento de cargos de DAS, não pelas pessoas que precisam ser efetivadas, mas sim, o excesso de DAS, que dá direito ao Prefeito de colocar quem ele quiser, podendo até negociar antecipadamente uma campanha política, isso “Eu” e o partido não aceitamos.

O Vereador Paulo Gasolina, mencionou também a preocupação com os clubes, casa de festas e demais casas que trabalham com lazer e entretenimento. Relatou que esses lugares precisam voltar a funcionar, porém, com todas as normas de segurança estabelecidas pela saúde, tendo vista, que empresários, garçons, seguranças, cantores, auxiliares de limpeza, desde o vendedor de churrasquinho (ambulantes), tiram seu sustento da atividade desses lugares.

“Precisamos fazer uma reunião de trabalho para resolver essa situação”, disse o Parlamentar.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade