“Radar nas vias estaduais são um garimpo sem malária”, diz Enfermeiro Murilo Tolentino

0

“São vias rápidas e não foi apresentado para nós um estudo que 40 Km/h é uma velocidade adequada para uma via rápida, acaba atrasando o trânsito e gerando um excesso de multas.”, enfatizou o vereador.

O vereador Enfermeiro Murilo Tolentino (PSC), em seu discurso na sessão desta terça feira (22), disse na tribuna da Câmara Municipal de Santarém que está pedindo informações ao Governo do Estado e a Administração Municipal responsável pelo trânsito sobre estudos técnicos realizados pela empresa contratada que comprovem a necessidade de instalação de radares com a velocidade máxima de 40 KM/H em vias de trânsito rápido do município em vias estaduais. O parlamentar considera que muitos desses equipamentos funcionam como uma “pegadinha” porque, quando o motorista percebe, já está em cima e, por ser a maioria em vias de fluxo rápido, ao invés de ajudar para a melhoria de um trânsito seguro acaba atrasando os cidadãos santarenos.

Murilo Tolentino destaca, também, que, “em virtude do longo período que os motoristas da cidade ficaram sem
esse tipo de fiscalização. É preciso que a prefeitura e a empresa contratada tenham realizado estudo técnico que justifique a instalação dos radares nos pontos escolhidos, segundo o que diz a Resolução CONTRAN Nº
396/2011”.

Tolentino pede que seja encaminhada cópia do estudo técnico realizado que comprove e justifique a necessidade de fiscalização por radar nos pontos escolhidos. Por fim, o vereador também pediu que seja revista a posição das placas de sinalização para facilitar a visão dos motoristas alertando sobre a presença de radar fixo nesses locais, com antecedência de espaço.

Por Nel Fernandes- Assessora de imprensa do vereador Enfermeiro Murilo Tolentino.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade