Registro civil passa a ser emitido no Hospital Municipal para recém-nascidos

0

Nesta quarta-feira (11/09), Maria José Maia começou o pronunciamento na Câmara Municipal de Santarém parabenizando o colega parlamentar Rogélio Cebuliski pela sessão sobre doação de órgãos. De acordo com a vereadora, já tramita na Casa um Projeto de Lei que isenta doadores de órgãos da taxa de inscrição para concurso público, que é um avanço.

Ainda na área de saúde, a democrata celebrou o retorno do registro civil, serviço que estava descontinuado no Hospital Municipal. “Agora cada criança que nasce naquele hospital terá a sua certidão de nascimento e CPF. Inclusive, eu estive notando outros avanços que já aconteceram naquele hospital, nós estivemos lá na inauguração do centro cirúrgico funcionando 24h, também a inauguração do laboratório do Hospital Municipal, a revitalização da recepção do hospital, está em construção atualmente a revitalização de todo espaço da lavanderia, isso tudo é um avanço”, destacou a vereadora.

Maria José esclareceu que a ação de ontem do registro civil dentro do hospital, faz parte de um dos critérios para o selo Unicef, certificação concedida a municípios que de fato cumprem as obrigações dos direitos da criança e do adolescente. Ainda no atendimento à criança, foram registrados avanços na redução da mortalidade infantil, tem se acompanhado toda criança nas unidades de ensino, além de atendimento no centro de referência de assistência social, que também são critérios para obter o Selo Unicef.

Sobre o pedido de empréstimo feito pelo executivo, a parlamentar se manifestou favorável, “nós temos que comemorar o fato de nosso município ter possibilidade de crédito”, declarou informando ainda que poucos municípios no Pará podem ter acesso a empréstimo por estar inadimplentes com as instituições credoras.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade