Vereador denuncia que empresa terceirizada não pagou médicos do SAMU

0

O vereador Gerlande Castro (PSB), durante pronunciamento na sessão da Câmara Municipal de Santarém nesta segunda-feira (03), denunciou a falta de pagamento de médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Santarém. O atraso é por parte da empresa terceirizada.

Segundo o parlamentar, a Organização Social Mais Saúde, que administra o SAMU, efetuou o pagamento de R$ 62 mil à empresa que não fez o devido repasse aos médicos.

Durante a sessão, Gerlande apresentou a nota fiscal que confirma o pagamento à terceirizada. Os médicos estão sem receber desde fevereiro.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade